Cláudia de la Hoz

A Natureza Fala

2 de abril a 23 de abril de 2024

Recepção: 4 de abril de 2024, 18h00 - 20h00

Investigar Compre no ARTmine Ver catálogo

Um artist franco-colombiano, Cláudia de la Hoz emprega a natureza como um catalisador para explorar profundas investigações existenciais. De la Hoz expressa suas emoções coloridas por meio de uma técnica fluida e envolvente, utilizando acrílico, pastéis oleosos, nanquim, aquarelas e óleo. Pink, em todas as suas nuances, serve como seu mediador emocional – um vetor para transmitir e transcender sentimentos profundos. A natureza está no centro de suas inspirações, prestando homenagem à sua herança colombiana, onde as árvores sob seu pincel se transformam em silhuetas oníricas e os pastéis evocam o pôr do sol em sua terra natal, Barranquilla. Para além da tela, De la Hoz criou murais em França e países vizinhos, estabelecendo um diálogo direto entre a arte e os espaços que ocupa. Num mundo cercado por turbulência emocional, o seu trabalho oferece um oásis de rejuvenescimento, proporcionando consolo e descanso.

De la Hoz estudou história da arte na Université Sorbonne Nouvelle e design de interiores na 'École Bleue em Paris, França. Seu trabalho foi apresentado em exposições e está presente em inúmeras coleções particulares na Europa e nas Américas. De la Hoz vive e trabalha em Paris.

Cláudia de la Hoz

A Natureza Fala

2 de abril a 23 de abril de 2024

Recepção: 4 de abril de 2024, 18h00 - 20h00

Bambi
Bambi

39,5 "x 39,5"

A noiva despida
A noiva despida

39,5 "x 39,5"

A árvore perdida
A árvore perdida

23,5 "x 31,5"

Toscana
Toscana

23,5 "x 31,5"

Investigar Compre no ARTmine Ver catálogo

Um artist franco-colombiano, Cláudia de la Hoz emprega a natureza como um catalisador para explorar profundas investigações existenciais. De la Hoz expressa suas emoções coloridas por meio de uma técnica fluida e envolvente, utilizando acrílico, pastéis oleosos, nanquim, aquarelas e óleo. Pink, em todas as suas nuances, serve como seu mediador emocional – um vetor para transmitir e transcender sentimentos profundos. A natureza está no centro de suas inspirações, prestando homenagem à sua herança colombiana, onde as árvores sob seu pincel se transformam em silhuetas oníricas e os pastéis evocam o pôr do sol em sua terra natal, Barranquilla. Para além da tela, De la Hoz criou murais em França e países vizinhos, estabelecendo um diálogo direto entre a arte e os espaços que ocupa. Num mundo cercado por turbulência emocional, o seu trabalho oferece um oásis de rejuvenescimento, proporcionando consolo e descanso.

De la Hoz estudou história da arte na Université Sorbonne Nouvelle e design de interiores na 'École Bleue em Paris, França. Seu trabalho foi apresentado em exposições e está presente em inúmeras coleções particulares na Europa e nas Américas. De la Hoz vive e trabalha em Paris.

Bambi
Bambi
A noiva despida
A noiva despida
A árvore perdida
A árvore perdida
Toscana
Toscana
Investigar Compre no ARTmine Ver catálogo

A infinidade de pensamentos
50 "x 50" - Acrílico sobre Tela